betsson

Mato Grosso

betsson - Indea realizou 5,7 mil fiscalizações durante vazio sanitário da soja em Mato Grosso

Entre junho e setembro foram emitidos 47 autos de infração pelo Indea, além da constatação da presença de plantas em 5 mil hectares

Entre 15 de junho e 15 de setembro, período do vazio sanitário da soja em Mato Grosso, foram fiscalizadas 5.728 unidades propriedadespeloInstituto de Defesa Agropecuária do Estado(Indea). Durante o período foram emitidos 47 autos de infração por descumprimento da determinação. Ainda segundo o órgão, foram localizadas plantas vivas em aproximadamente 5 mil hectares.

O balanço foi divulgado nesta segunda-feira (24) pelo Indea. E, de acordo com o órgão, foi detectada a incidência da ferrugem-asiática em sete amostras em meio as amostras de folhas coletadas para análise laboratorial nos locais em que plantas vivas foram encontradas.

O diretor técnico do Indea, Renan Tomazele, pontua que fiscalizações da safra de soja 2022/23 já estão sendo realizadas desde 16 de setembro. “[O Indea] realizará o monitoramento da ocorrência da doença durante todo o decorrer da safra, realizando as coletas e as análises laboratoriais para detecção do agente causal da ferrugem asiática da soja”.

Vazio sanitário da soja visa controlar a ferrugem-asiática

Com o intuito de controle fitossanitário contra o fungo causador da ferrugem-asiática, Phakopsora pachyrhizi, de soja em Mato Grosso, o vazio sanitário foi instituído em 2006. O fungo é um biotrófico, ou seja, precisa do hospedeiro vivo para sobreviver e se multiplicar.

Durante o período estabelecido do vazio sanitário é proibido o plantio e a presença de plantas vivas de soja, cultivadas ou guaxas (germinação voluntária). O intuito é reduzir a sobrevivência do fungo na entressafra, e assim atrasar a ocorrência da doença durante a safra seguinte.

 

Cliqueaqui, entre no grupo de WhatsApp do betsson Mato Grosso e receba notícias em tempo real

betsson Mapa do site